Quinto Elo – Como eu e minha casa podemos frutificar?

Uma importante expressão da felicidade está relacionada com o modo como os filhos vivem . uma casa feliz é a que tem filhos semelhantes a brotos. A existência do broto aponta para a vida em crescimento normal. Como é bom olhar para os filhos e ver que estão crescendo, progredindo em todos os campos de sua vida. Crescem em estatura e graça diante dos homens e de Deus.


Contemplar os filhos em torno da mesa também é motivo de grande prazer. É perfeito: pais e filhos juntos fazendo as refeições, comendo o pão que nunca falta. A cena também sugere que essa casa é um lar. Casa é um lugar onde buscamos abrigo; lar é um lugar aconchegante onde gostamos de estar juntos.

1. TENDO INTIMIDADE COM DEUS – Jo 15.6

A condição que Jesus dá para frutificar é estar n’Ele, o que significa que quem está ligado a Ele, ou seja, firme na Sua palavra, seguindo-O, em comunhão com Ele e fazendo o que Ele mandou frutificará.Todos os dias devemos ter o nosso devocional com Deus, buscando-O em oração para que Ele nos direcione quanto à Sua vontade para aquele dia, lendo a Sua palavra para que possamos estar cheios da Sua Verdade e Vontade e, dessa forma, sermos bem sucedidos em tudo o que precisamos realizar (Sl 1: Js 1.8). Ao estarmos cheios de Deus, da sua Palavra, de Sua vida e da Sua Vontade, os frutos que vierem, através de nós, serão bons, perfeitos, serão frutos de justiça, pois em tudo expressarão o Fruto do Espírito que está no nosso interior.

2. OBEDECENDO AO CHAMADO DE DEUS – Gn 12.1-4

O homem que ama a Deus e deseja agradar ao Seu coração, faz a Sua vontade e, ao ouvir a Sua voz, atende ao Seu chamado e não entristece o Seu coração, dizendo a Deus: “- Espere, pois tenho muitas coisas para fazer”. Abraão foi um exemplo de servo de Deus que, ao ouvir o Seu chamado para deixar sua terra e toda a sua parentela e ir para a terra que o Senhor ainda iria lhe mostrar, não hesitou, não murmurou, nem apresentou argumentos para Deus, mas imediatamente obedeceu (Gn 12.4) e n’Ele confiou, pois era plano de Deus fazer d’Ele pai de multidões ( Gn 17.1-8) e multiplicá-lo como as estrelas do céu e a areia do mar (Gn 22.17). Assim também, nós, ao ouvirmos a voz de Deus, nos chamando para frutificar e fazer discípulos para Jesus devemos obedecer ao Seu chamado.

3. TENDO UM CORAÇÃO HONESTO E BOM – Mt 8.15

Para que a semente produza o bom fruto, é necessário que a terra seja boa, isto é, esteja forte, adubada e úmida. A terra representa o nosso coração.  Um coração que ama, agrada a Deus e também ama ao seu próximo, ao receber a semente, isto é a Palavra de Deus, ao ouvir o chamado de Deus é a terra apropriada para que a semente germine, cresça e se transforme numa árvore frondosa, com ramos abundantes em frutos.

Deixe uma resposta

Desenvolvido por Adriano Webmaster e Design